• Rodrigo Bernardes

Política de reembolso Shopify: o que é preciso para fazer a sua?

Trabalhar com vendas online tem suas vantagens, mas como todo negócio também tem suas obrigações legais e uma delas são os termos para devolução do dinheiro do cliente. Veja como funciona a política de reembolso na Shopify e quais regras se aplicam.


Existe uma política de reembolso geral na Shopify?

O objetivo de uma política de reembolso deve ser sempre resguardar a empresa e dar confiança aos clientes, de modo que sua marca não seja prejudicada e seus clientes tenham certeza de que você não quer passá-los para trás.


Como cada tipo de negócio tem suas peculiaridades, a Shopify não possui uma política de troca universal, cabendo a você elaborar a da sua loja e deixá-la de fácil acesso aos seus clientes. Apesar de não ter uma política própria, ela é obrigatória em todos os sites da plataforma.


A boa notícia é que existe um modelo de política de reembolso da Shopify disponível para os usuários da plataforma.


Basta acessar o site da Shopify com sua conta logada e ir no gerador de política de privacidade e reembolso e criar a sua em cima do modelo oferecido.


Leia também: Suporte Shopify: veja para que serve e como ele pode te ajudar


O que não pode faltar em uma política de reembolso na Shopify?

Como já destacamos, uma boa política de reembolso na Shopify precisa dar segurança para as duas pontas da operação, tanto para a empresa quanto para os clientes. Quando isso não acontece, os clientes tendem a não confiar na marca, principalmente se é a primeira vez que se relacionam com ela.


Por isso, sempre deixe claro na sua política os seguintes pontos:


  • quais produtos podem ser devolvidos?

  • quais produtos podem ser trocados?

  • quais produtos não podem ser trocados ou devolvidos e por que (produtos em promoção ou pequenos defeitos, por exemplo);

  • quais os prazos para a solicitar a troca, devolução ou reembolso? (esclarecer os prazos de cada um deles);

  • em quais as condições os produtos devem estar para poderem ser devolvidos (se precisam estar com a etiqueta ou na embalagem), e em que casos eles podem ser trocados e quais as possibilidades de devolução (em crédito na loja ou estorno);

  • como os clientes podem devolver o produto e em que termos a loja aceita a devolução.


Em que cenários minha loja é obrigada a devolver o dinheiro ao consumidor?

Apesar da loja ter a liberdade para criar sua própria política de reembolso na Shopify, a mesma não está isenta de seguir a legislação que, neste caso, é representada pelo Código de Defesa do Consumidor.


Os principais cenários onde a devolução é amparada por lei são:


  • Direito de arrependimento: o artigo 49 do código de defesa do consumidor dá ao cliente até 7 dias após a compra em uma loja virtual para se arrepender e solicitar o dinheiro de volta sem nenhuma justificativa;

  • Descumprimento de oferta: a clássica propaganda enganosa, quando um produto exposto em um site não está de acordo com o que o cliente recebe, ele também pode solicitar o reembolso. A empresa pode até oferecer outras formas de compensação, mas se for comprovado o erro o cliente tem direito ao ressarcimento;

  • Produto com defeito: quando um produto apresenta defeito e a reclamação é registrada pelo consumidor em até 90 dias (em caso de produtos duráveis), se a empresa não procurar resolver o defeito ou enviar outro produto em até 30 após a reclamação, o cliente tem direito ao reembolso.


Vale destacar que, nem sempre a loja é obrigada a devolver o valor em dinheiro ao consumidor. Em quase todos os cenários, a empresa pode procurar meios de contornar os problemas sem precisar estornar a compra.


Você pode oferecer crédito na loja para que o cliente faça a compra ou obtenha desconto em outro produto.


Outra opção é tentar realizar o conserto para minimizar os prejuízos ou oferecer descontos especiais para que o cliente fique com o produto do jeito que está.


Tudo vai depender do que valer mais a pena e claro, da aceitação por parte do cliente que, em alguns casos que citamos antes, está amparado por lei para solicitar o reembolso de uma compra.


E aí, entendeu como funciona a política de reembolso da Shopify? Sabemos que devoluções podem acontecer e que geram prejuízos, por isso, é importante ter ferramentas para aumentar as vendas ao mesmo tempo que garante suporte e qualidade nos produtos.


Escolha bem os seus fornecedores, afinal, eles são indispensáveis para garantir pontos como qualidade do que está sendo entregue.


Leia também: Como encontrar fornecedores dropshipping CONFIÁVEIS? [Guia]


Iniciar um negócio online não é tão fácil quanto algumas pessoas pensam e se você já está a algum tempo pesquisando sobre o tema, sabe do que estamos falando.


A plataforma de criação da loja virtual da Shopify oferece aplicativo que ajudam a otimizar a taxa de conversão de vendas do dropshipping, entre eles:


O Boleto Recovery é um app especializado em recuperar boletos que não foram pagos pelos clientes. Por meio dele é possível automatizar a comunicação, com envio de SMS e e-mail para os clientes com boletos em aberto,


Já o app de parcelamento apresenta o valor total de um produto, o número de parcelas e o valor que deverá ser pago mensalmente em uma parcela a prazo. Isso torna o produto mais acessível e aumenta o ticket médio dos clientes.


Por último, o ShopLinks é uma plataforma que te ajuda a encontrar influenciadores digitais e afiliados que podem se tornar aliados do seu negócio. Ao invés de fazer várias pesquisas e enviar mensagens individuais para cada influenciador, em poucos instantes você encontra pessoas que estão dispostas a anunciar e divulgar seus produtos.


Ficou interessado? Conheça mais sobre as nossas soluções. Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários. Boas vendas!



19 visualizações0 comentário