• Autor Convidado

5 dicas de como converter leads de forma orgânica

O marketing digital é uma realidade cada vez mais presente no mercado consumidor, e a captação de leads, ou seja, atração dos potenciais clientes de uma empresa, se torna imprescindível para o sucesso comercial.


Os leads de marketing digital estão relacionados aos pedidos que um e-commerce, ou loja virtual, recebe de visitantes dessas plataformas de venda virtuais, ou seja, um cliente em potencial.


No entanto, para gerar os leads, é preciso colocar em prática um planejamento em forma de campanha publicitária, que pode ser aplicada por meio de diferentes ferramentas digitais, entre as quais:

  • Chatbots automatizados;

  • E-mail marketing;

  • Lojas virtuais;

  • Marketing de conteúdo;

  • Marketplaces;

  • Redes sociais.

Para garantir que o lead seja alcançado de maneira orgânica, uma estratégia eficiente é o inbound marketing, em que investidores na área de turismo, por exemplo, permitem que uma loja de tecidos de fibras naturais entre em contato para verificar soluções eficientes para seus problemas.


Essas soluções podem ser em forma de produtos e serviços disponíveis pelos estabelecimentos comerciais que estão presentes no espaço virtual, no caso do setor de B2B (Business To Business), ou mesmo para os clientes finais, no caso do B2C (Business to Client).


Trabalhado de maneira eficiente, é possível aumentar as chances de conversão de vendas em comparação com o marketing tradicional, assim como em situações que envolvem empresas e consumidores finais.


Ideia principal é focar no público-alvo


A captação de leads utilizando o marketing digital está em estratégias específicas, focando no público-alvo ao qual tem acesso.


Isso pode ser feito por meio de um extenso trabalho de pesquisa sobre as necessidades, comportamentos, desejos e anseios de compra.


Tudo isso por meio de diferentes ferramentas analíticas que estão à disposição das empresas que investem no mercado digital e querem, por exemplo, fazer brindes personalizados para empresas para uma corporação que atua nesse mercado.


A proposta primordial está em implantar uma estratégia de marketing digital ideal, juntamente com ferramentas adequadas que podem identificar, entre outros assuntos, quem visitou uma página de e-commerce, assim como e quando fizeram a navegação nos meios virtuais.


Além disso, uma empresa pode aprender, em tempo real, as estratégias que funcionam e aquelas que precisam de uma adaptação. Assim fica mais fácil desenvolver a campanha de marketing digital e adaptar para os resultados realmente desejados.


Saiba o que o consumidor procura e deseja


Não existe uma fórmula mágica, ou mesmo genérica, que funciona para todas as empresas que estão inseridas no mercado virtual.


Uma ideia ou proposta de geração e captação de leads pode ser apropriada para uma clínica de coloproctologista são paulo, enquanto pode não surtir efeito sobre outra clínica do segmento odontológico por exemplo.


Logo, uma estratégia de captação de leads digitais depende de diversos fatores, e deve ser adequada às especificidades de cada negócio. Entre os fatores que demandam atenção estão:

  • Atendimento adequado;

  • Necessidade de serviço;

  • Nicho de público-alvo;

  • Produtos disponíveis;

  • Tipo de negócio.

Entre fatores determinantes, estão a aplicação de práticas e estratégias relacionadas às funcionalidades do e-commerce, a presença nas redes sociais e a aplicação de SEO (Search Engine Optimization), ou otimização do motor de busca das plataformas de pesquisa.


A conversão e captação de leads em clientes fidelizados dentro do modelo de vendas é uma prioridade que deve ser levada em consideração pelos profissionais que atuam na área de marketing digital.


Dicas para a captação de leads adequada


A seguir serão apresentadas 5 dicas para despertar o interesse de leads e conduzi-los para explorar o e-commerce e entrar em um funil de vendas, a partir da proposta de uma jornada de compra.


1. Faça anúncios que chamam a atenção


A internet é um mar de ideias e possibilidades quando se trata da produção de anúncios pagos e materiais orgânicos.


Há diversas plataformas digitais que podem ser utilizadas para reforçar a presença e ajudar na captação de leads, seja com investimento inicial, ou com estratégias que promovem a conversão de leads de maneira orgânica e natural.


Quando uma empresa especializada em limpeza quer atingir um público-alvo em potencial, é preciso encontrar as páginas que dominam sobre esse assunto, como portais de notícias e empresas parceiras.


Nesse caso, é possível atingir um mesmo público, mas com empresas que oferecem serviços diferenciados. Assim, fica mais fácil aplicar a prática de guest posts em blogs que formam parceria, ampliando o alcance dentro de um público com potencial para covnersão.


Além disso, é possível incluir link building, ou seja, endereços direcionados para a loja virtual ou e-commerce de interesse, aumentando o tráfego no site corporativo. Isso é válido, também, para os próprios anúncios pagos, mesmo em plataformas de busca.


2. Insira palavras-chave para marketing de conteúdo


Aliás, as plataformas de busca são um bom canal de comunicação para inserir os anúncios pagos, pois quando um lead faz uma pesquisa, o site aparece entre os primeiros resultados, resultando em mais facilidade para quem procura por uma solução o quanto antes.


Um profissional que busca por uma especialização em serviços de contabilidade preços emprega palavras-chave que são identificadas pelos algoritmos das plataformas digitais.


Isso serve para que as empresas ganhem mais autoridade e fortalecem a busca orgânica, quando não há verba para investimento em anúncios pagos.


O marketing de conteúdo pode ser feito em diferentes formatos, entre os quais:

  • Artigos e textos;

  • Podcasts e vídeos;

  • Postagens em redes sociais;

  • Sites corporativos.

São diversas maneiras de se apresentar para o público-alvo sem que seja intrusivo ou fora de contexto.


Afinal, essas ferramentas servem como isca para a captação de leads que se encontram em diferentes estágios em um funil de vendas.


3. Some o potencial das redes sociais para divulgação


Soma-se a essas possibilidades o potencial que as redes sociais adquiriram ao longo dos anos. Cada uma possui características próprias e, por isso, devem ser aplicadas dentro do planejamento de captação de leads de maneira adequada.


Quem procura por venda ou locação radiador de cobre como fator determinante para fechar negócio, pode se deparar com uma postagem em um Twitter, no Facebook, no Linkedin ou até mesmo no Instagram, que é voltado praticamente apenas para fotos.


Por isso é necessário o desenvolvimento de um planejamento e, assim, alcançar o público-alvo de maneira acertada, sem correr o risco de investir tempo em algo que não tem potencial de viralizar de forma orgânica.


4. Crie uma landing page de atração de leads


As páginas em formato de landing page servem para que os leads forneçam os dados de forma orgânica e, assim, possam ser utilizados pelas empresas que querem entrar em contato e oferecer soluções eficientes sobre produtos e serviços.


As empresas de infraestrutura de TI podem estabelecer uma landing page logo na capa de um site corporativo e, desta maneira, propor aos leads a conhecer mais sobre a empresa por meio de um vídeo exclusivo, ou mesmo um e-book explicativo.


As landing pages servem como gancho para atrair os leads para navegar nas páginas disponíveis, e propor que eles cliquem em links que possam interessar ao longo do processo do funil de vendas, encontrando materiais mais densos que podem ser fornecidos em troca de dados de contato, por exemplo, o que permitirá nutrir esse lead com mais qualidade e de forma segmentada.


O que vai manter o interesse dos potenciais clientes é a exposição de conteúdos criativos, interatividade e outras táticas promocionais que ajudam na conversão de vendas.


5. Acompanhe a estratégia de e-mail marketing


O e-mail é uma das mais antigas ferramentas quando se trata de atração e captação de leads. Isso porque foi uma das primeiras disponibilizadas, em meados dos anos 1990, quando a rede mundial de computadores foi apresentada para a sociedade civil.


Por ser uma ferramenta relevante e com excelente dinâmica orgânica, pois permite a comunicação com os clientes e a possibilidade de envio de convites e links para o público-alvo de forma instantânea e cotidiana.


Conclusão


Como em todo mercado consumidor, a interação entre empresa e cliente se dá em diferentes níveis.


Os empreendedores inteligentes devem entender que é necessário passar um tempo com os clientes, adaptado às diferentes situações em que se encontram, conforme o funil de vendas e a jornada de compra.


Os leads podem se mostrar mais propensos a se converter em clientes quando não se sentem pressionados ou apressados.


Cabe à empresa fornecer uma boa administradora de condomínios preço, e todas as equipes de venda envolvidas, fazer com que cada captação de lead seja realizada no momento correto, mas que ainda se sintam individualmente lembrados e respeitados.


Por fim, é importante sempre falar a verdade para ganhar a confiança dos potenciais clientes e, de qualquer maneira, isso deve ser feito dentro de um diálogo aberto e com toda a honestidade possível.


Apelar para a conversa, e não se manter apenas com discursos de venda, pode ser uma estratégia eficiente que se identifica dentro das questões reais de um negócio.


Assim, o cliente enxerga a autoridade ou especialidade na área em que a empresa atua, ganhando total confiança e a fidelidade para finalizar a compra e se manter sempre próximo à marca.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


4 visualizações0 comentário