• Rodrigo Bernardes

Top 5 técnicas de storytelling marketing para o seu e-commerce

Atualizado: 11 de jan.

Em um mercado tão competitivo, se destacar passa a ser uma tarefa cada vez mais difícil, por conta disso, é preciso inovar. As técnicas de storytelling marketing passaram a ser uma forma eficaz para isso. Veja aqui algumas das principais dicas sobre o assunto.


O que é storytelling?

O termo storytelling se refere a uma técnica de escrita e narrativa com começo, meio e um ponto de clímax. Além disso, conta com personagens marcantes que contribuem para a história.


Traduzindo ao pé da letra, o termo é uma junção dos termos story (história) e telling (contar).


Dentro do marketing se trata de usar a história de um produto, da própria empresa ou da necessidade do cliente para se comunicar com o cliente.


Esse conceito se aplica quando utilizado em campanhas de marketing, de modo que as histórias instiguem, emocionam e envolvam o seu consumidor.


A ideia é contar histórias que geram empatia e chamem atenção do seu cliente em potencial.


Qual a importância do storytelling marketing?

Ao ler, ouvir ou assistir a uma história, a pessoa que está consumindo o conteúdo ativa regiões no cérebro que remetem àquilo que está acontecendo, logo se um personagem faz uma ação, nosso primeiro impulso é de simular aquilo mentalmente.


Isso pode se tornar uma ferramenta poderosa para marcas, porque ao usar técnicas de storytelling marketing a empresa passa criar uma certa ligação mais emocional com o cliente que passa a ver o produto com certo carinho, o que aumenta o potencial de lembrarem da marca.


Leia também: Marketing para dropshipping: 7 estratégias para um plano de ação completo!


5 técnicas essenciais de storytelling marketing

O ato de contar histórias sempre foi uma das formas mais eficazes de chamar atenção das pessoas e até de transmitir ensinamentos. No contexto comercial isso também se aplica. Utilizando a linguagem certa é possível conectar melhor seu público-alvo.


No marketing, a escrita, a fala e as imagens, quando estruturadas de uma certa forma, são capazes de transmitir mensagens poderosas que ecoam nas pessoas e podem gerar leads e novos clientes.


Mas, como fazer isso? Quais são as cinco técnicas de marketing? Conheça a seguir.


Junte informações sobre sua marca

Para criar uma conexão verdadeira com seu público o primeiro passo a se tomar é ter um conhecimento real sobre a empresa.


Se você não é o fundador da organização, pesquise sobre:


  • suas origens,

  • os objetivos quando ela foi fundada,

  • valores,

  • quem eram seus fundadores e quais as suas histórias, e etc.


Essas informações serão fundamentais na hora de elaborar um material de storytelling genuíno e autêntico, capaz de gerar uma proximidade maior com o público através de uma narrativa bem direcionada.


Concentre esforços nas partes mais relevantes

Contar histórias que cativam e sejam atraentes ao seu público é uma parte fundamental para o sucesso de uma técnica de storytelling marketing. Para isso você deve ter consciência do que dizer aos seus clientes, independente do meio que será usado para isso.


Seja uma mensagem feita por texto, áudio ou vídeo, você precisa ser direto e focar nas partes mais relevantes da história para manter quem está consumido envolvido e curioso com o desfecho.


Tente sempre trazer algo em cada momento, em um podcast ou um texto de blog. Esses espaços permitem que você fale mais e traga mais detalhes, já em um vídeo o dinamismo é essencial.


Ajuste a mensagem de acordo com o meio

De carona no que falamos no tópico anterior, além de focar nos pontos mais importantes da história, é fundamental usar as características do meio que você está transmitindo essa mensagem, a seu favor.


Não adianta empacotar uma história e repeti-la em todos os canais, é preciso conhecer os canais para contar a mesma história de modo que seja atraente usando as características daquele meio.


Crie um conflito na narrativa

Uma boa história precisa de um bom conflito ou problema que faça sentido e que funcione dentro da narrativa. É ele quem irá conduzir a pessoa até o desfecho e gerar conexão.


Essa técnica aumenta o apelo emocional e envolve o cliente na história.


Pegue jornadas clássicas de narrativa

Todo mundo gosta de boas e velhas histórias. Se você está começando a trabalhar com storytelling, invista no clássico.


Estes formatos têm maior potencial por já serem de conhecimento geral, logo soa como algo conhecido e, quando bem trabalhados, podem alcançar os patamares esperados. Veja alguns exemplos de jornadas clássicas de narrativa:


  • jornada do herói; que é uma forma clássica de contar uma história. A jornada do herói apresenta um personagem, suas dúvidas, um desafio, a superação de uma fraqueza, a vitória sobre o problema que foi apresentado a ele,

  • viagem ou missão no estilo aventura com obstáculos a serem vencidos; também com foco em um personagem que vai aprendendo ao longo do caminho percorrido até encontrar a solução prefeita para um desafio,

  • conquista pessoal; quando personagem apresenta um problema íntimo, como a falta de realização profissional em sua carreira, e começa a lutar para mudá-la, encontrando algumas opções, fazendo boas escolhas e superando suas dúvidas e incertezas,

  • eventos de um determinado período ou recorte histórico, alia a história de um personagem com fatos históricos reais e mostra como esse protagonista se adapta, destaca e aproveita as questões apresentadas.

Se você quer entender melhor sobre a estratégia de Storytelling Marketing, recomendamos o seguinte vídeo:



Sem dúvida, o storytelling também é uma técnica importante para quem deseja atrair e engajar clientes dentro do e-commerce. Sobre outras técnicas de marketing, indicamos que continue sua leitura em “5 melhores estratégias de marketing para sua loja de dropshipping”.



4 visualizações0 comentário