• Rodrigo Bernardes

Marketing para dropshipping: 7 estratégias para um plano de ação completo!

Atualizado: Ago 25

O marketing para dropshipping tem como objetivo alcançar potenciais compradores que estão navegando pela internet e levá-los para as páginas de produtos e landing pages do seu e-commerce.


Ampliar o tráfego é, sem dúvida, uma das preocupações que podem ser sanadas com boas estratégias de marketing.


Quando o visitante acessa, por exemplo, um anúncio do seu produto, isso mostra que ele está disposto a conhecer mais sobre ele e até a comprá-lo.


Dentro das páginas de produtos do seu e-commerce, as estratégias de vendas, combinadas as ações de marketing para dropshipping, vão contribuir para converter esse potencial cliente.


Por isso, no artigo de hoje, vamos nos concentrar nas ações que vão levar o usuário para as suas páginas de produtos, ou seja, para dentro da sua loja virtual. É claro que esse é apenas um passo de uma estratégia que vai convencê-lo a comprar.


Se você quer saber como criar uma página de produto poderosa, assista ao vídeo abaixo. Continue a ler este artigo e entenda quais estratégias de marketing para dropshipping vão contribuir para ampliar suas chances de vendas.



TOP 7 estratégias de marketing para dropshipping

Na lista de estratégias de marketing para dropshipping estão:


  1. Facebook e Instagram Ads

  2. Google Ads

  3. Remarketing

  4. SEO para e-commerce

  5. E-mail marketing

  6. Captura de leads

  7. Influenciadores digitais

A seguir, entenda como uma delas.

#1 Facebook e Instagram Ads

Entre as estratégias de marketing para dropshipping que não podem faltar na sua lista estão as ações de tráfego pago.


O tráfego pago permite que você alcance seu público a curto prazo. No momento em que você criou a sua loja, já é possível criar um anúncio e alcançar o público que você deseja.


Essa velocidade faz com que o tráfego pago seja uma estratégia de marketing para dropshipping indispensável em seu arsenal.


Entre os canais de anúncio estão o Facebook e o Instagram. É possível criar anúncios que vão circular dentro dessas plataformas, alcançando os usuários que estão navegando por essas redes sociais.


Seja no Facebook Ads ou no Instagram Ads você é capaz de segmentar seu anúncio definindo as características do público que deseja atingir, por exemplo:


  • gênero,

  • idade,

  • localidade,

  • interesses,

  • comportamento.


É provável que você já tenha sido impactado por anúncios dentro desses canais, como o exemplo abaixo.



São milhões de pessoas todos os dias dentro desses canais, por isso, aproveitar esse movimento e colocar a sua marca entre as que interagem com seu público, é fundamental para colocar sua loja e seus produtos em competição pelos consumidores.


De fato, segundo pesquisas, 2,14 bilhões de pessoas podem ser alcançadas por meio de anúncios no Facebook.


Em relação ao Instagram, 65% dos consumidores visitam o site ou aplicativo da marca depois de conferir um produto no Instagram.


Facebook e Instagram ainda permitem que você realize uma estratégia sobre a qual falaremos adiante: o remarketing.


Para colocar em prática seus anúncios no Facebook Ads e Instagram Ads indicamos que acesse o artigo Como anunciar no Facebook Ads: passo a passo para alavancar seu e-commerce”.


Confira também as dicas que apresentamos no vídeo abaixo.

#2 Google Ads


Ainda falando sobre tráfego pago, outro canal indispensável para suas ações de marketing para dropshipping é o Google Ads.


A plataforma de anúncios do Google permite que você apresente seus produtos a seus clientes em áreas como:


  • resultados de pesquisa,

  • Google Shopping,

  • Youtube,

  • rede de parceiros do Google.


Também é possível realizar remarketing, apresentando seu produto para usuários que já visitaram a sua página, em busca de convertê-los.


Dentro do novo comportamento de compra dos consumidores, desde a transformação digital, o Google e o processo de pesquisar online antes de fazer uma compra se tornou parte da jornada do cliente. Por isso, os anúncios dentro desse canal se tornam tão relevantes.


#3 Remarketing


92% dos consumidores que acessam uma loja não fazem uma compra na primeira visita. Então como fazer esse cliente voltar? O remarketing é uma das estratégias mais eficientes para isso.


O remarketing encerra com chave de ouro a nossa lista de estratégias de marketing para dropshipping, dentro do conjunto de ações de tráfego pago.


Você já deve ter notado, depois que entra em um site em busca de um produto, que aquele produto começa a aparecer para você como anúncio em outros portais, dentro das redes sociais, em sites que você navega. Isso acontece porque o anunciante configurou um anúncio de remarketing.


Por meio de pixels instalados nos sites e nas páginas de produtos, os anunciantes conseguem "seguir" quem acessa suas páginas e solicitar que o Google ou o Facebook Ads apresentem seus anúncios para esses usuários.


Observe a imagem abaixo. Marcamos de vermelho um exemplo de anúncio de remarketing feito por meio do Google Ads, que aparece em um blog sobre animais de estimação. Essa é uma forma de realizar esse tipo de anúncio e pode trazer bastante retorno para sua loja.


Leia também: [Guia] Aprenda como instalar o Pixel do Facebook na Shopify | Passo a passo



#4 SEO para e-commerce

Entrando agora nas estratégias de tráfego orgânico para sua loja dropshipping, seguimos para o SEO para e-commerce.


Por meio de um conjunto de táticas, com o SEO você consegue colocar as páginas da sua loja nas primeiras posições dos resultados do Google gratuitamente. Ou seja, não é preciso configurar anúncios ou pagar ao Google para aparecer como resposta para as pesquisas de usuários.


O SEO, entretanto, é uma estratégia que demanda um certo tempo para oferecer resultado, por isso, não é aconselhável que você trabalhe apenas com essa estratégia dentro do marketing para dropshipping.


Faça um mix de marketing e inclua o SEO no conjunto de ações que vão contribuir para o melhor aproveitamento do seu investimento e, claro, para o aumento do tráfego na sua loja.


Para conhecer mais sobre essa tática, assista ao vídeo abaixo no qual conversamos com uma super especialista sobre o assunto!


Lembre-se que diversificar suas ações de marketing vai ajudar você a gastar menos, ter um melhor ROI e, claro, gerar mais vendas.


#5 E-mail marketing

Você sabia que é de 5 a 25 vezes mais caro adquirir um novo cliente do que manter um cliente atual?


O e-mail marketing é uma das formas de comunicação mais eficientes para gestores de e-commerce. Isso porque ele permite que você fale diretamente com clientes que já conhecem sua marca e já tiveram algum tipo de experiência com ela.


Por meio do e-mail marketing é possível compartilhar ofertas, promoções e lançamentos de forma muito mais direta e barata.


Se comparado a estratégias como tráfego pago, o e-commerce tem um custo mais baixo e promete bons retornos sobre o investimento: $38 a cada $1 investido!


É claro que para isso é fundamental investir em uma boa estratégia e não simplesmente sair disparando e-mails sem critérios.


#6 Captura de leads

Já que falamos sobre e-mail marketing vamos para outra estratégia que é complementar a ele? Já que o e-mail marketing é um bom exemplo de uma estratégia de marketing para dropshipping que é boa, bonita e barata, que tal aproveitar mais dessa estratégia?


Além de se comunicar com clientes que já compraram na sua loja, você pode criar uma estratégia de captura de contatos para converter os visitantes da sua página em leads, e assim iniciar uma comunicação mais próxima com eles.


Para isso, uma estratégia muito usada, e com bons resultados, é o uso de pop-ups como os da imagem abaixo. Só lembre-se de deixar bem a vista a opção do cliente fechar o pop-up sem se inscrever.



#7 Influenciadores digitais

Já pensou em usar influenciadores digitais para sua loja virtual, dentro do marketing para dropshipping?


Os influenciadores digitais são importantes pontes entre seu produto e os consumidores. Para encontrar influencers que estão alinhados ao seu nicho, você pode usar o aplicativo da Shopify, a ShopLinks.


O app permite:

  • descobrir os influenciadores que querem fazer parcerias com lojistas,

  • gerar links e cupons para vender com influenciadores,

  • fazer parcerias por % da venda, valor fixo, envio de produto ou até mesmo sem comissão.

Curtiu? Então tem mais! O app é grátis para instalar e você somente é cobrado se tiver alguma venda com a ajuda da ShopLinks (2% de comissão sobre vendas geradas).



Além do marketing para dropshipping você também precisa se preocupar com estratégias que vão oferecer melhores taxas de conversão dos clientes que chegam até sua página. Para isso também pode contar com os apps da Shopify:


Enquanto o primeiro te ajuda a recuperar boletos que não foram pagos pelos clientes, otimizando seu tempo e ampliando a taxa de vendas, o segundo ajuda a gerar confiança no cliente, que sabe qual o valor das parcelas e o total do pedido, tornando o produto mais acessível (uma vez que pode ser parcelado) e aumentando o ticket médio dos clientes.


Ficou interessado? Conheça mais sobre as nossas soluções. Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários. Boas vendas!




61 visualizações0 comentário