• Rodrigo Bernardes

Dropshipping vale a pena?

O modelo de comércio dropshipping tem muitas vantagens e algumas desvantagens. Neste artigo vou te explicar o que é dropshipping e se realmente vale a pena investir nesse modelo de negócio.

Fonte: Freepik

O que é dropshipping?


Dropshipping é uma modalidade de e-commerce, onde a responsabilidade de estoque do produto e envio ao comprador, fica por conta do fornecedor parceiro. Quem faz a venda (o dono da loja de Dropshipping) se comporta como um intermediador entre quem quer comprar e quem fornece esse produto.


O modelo mais comum de dropshipping é o internacional. A maioria dos fornecedores parceiros são do AliExpress e já estão acostumados a trabalhar com esse modelo de negócio, onde enviam o produto em nome da loja que efetuou a venda.


O lucro de quem faz dropshipping é a diferença entre o preço cobrado para o usuário e aquele cobrado pelo parceiro.


Também é possível fazer dropshipping nacional, apesar do internacional ser mais utilizado. Isso porque outros países, como a China, conseguem oferecer uma grande diversidade de produtos com um custo bem menor.


Para entender melhor, leia o post O que é dropshipping nacional? É possível fazer?



Como funciona o Dropshipping?


Esse modelo de negócio não exige que o lojista tenha estoque dos produtos para vender em sua loja, exige apenas que tenha bons parceiros.

Fonte: GerenciaAcademy

Em passos simples, funciona da seguinte forma:


1 - O cliente realiza uma compra normalmente na loja online.


2 – O lojista repassa o pedido para o fornecedor que tem parceria.


Nesse ponto, indico que leia um outro texto que escrevi aqui no blog: Processador de pedidos dropshipping Shopify com o AliExpress


3 – Com o pedido em mãos e com todos os dados do cliente, o fornecedor parceiro faz o envio do produto direto para o consumidor.


Pronto! Você, como lojista de dropshipping, fica apenas encarregado da parte operacional da loja online. Tudo relacionado ao produto fica sob responsabilidade do fornecedor.


Na teoria é tudo bem simples assim mesmo, mas como todo negócio, tem suas vantagens e desvantagens. Continue lendo para saber todas!



8 vantagens do dropshipping


1 - Você não precisa ter um espaço físico específico para trabalhar com dropshipping. Você pode fazer tudo da sua casa se quiser.


2 - Não é necessário contratar funcionários para te ajudar. Pelo menos no início, você consegue fazer tudo sozinho.


3 - Não é necessário um investimento inicial alto, já que não precisará se preocupar com compra de produtos, estoque ou envio dos produtos. Você precisará apenas investir em uma plataforma para criar sua loja online e investimento em comunicação, para divulgar a sua loja na internet.


4 - Você pode oferecer uma grande variedade de produtos em sua loja de dropshipping. Como a responsabilidade de estoque e envio fica por conta do fornecedor parceiro, você pode diversificar o segmento e oferecer produtos que não conseguiria oferecer em um modelo tradicional de e-commerce.


5 - No caso do dropshipping internacional, você consegue oferecer produtos diferenciados, que muitas vezes ainda nem chegaram no Brasil.


6 - Justamente pelo modelo de negócio, você terá maior flexibilidade e agilidade para implementar mudanças. Isso quer dizer que, se você testar um produto e ver que ele não está com um bom desempenho, você rapidamente pode tirar do catálogo e substituir por outro. Se fosse um modelo tradicional de e-commerce, você teria que se preocupar com estoque parado.


7 - O alcance da sua loja pode ser muito maior, já que você tem a capacidade de expandir o seu mercado rapidamente. Como os fretes costumam ser bem altos no território brasileiro, é natural vender menos para Estados mais distantes, pois dependendo do produto, o frete fica mais caro que a própria compra. No modelo de dropshipping, você consegue expandir o seu público para áreas que você nem imaginaria em um modelo tradicional. Para isso, basta fazer parcerias com os fornecedores certos.


8 – A partir do momento em que você terceiriza todo o processo de estocagem e envio dos produtos, administrar a sua loja virtual vira uma tarefa muito mais fácil. Não tem complicações operacionais.



7 desvantagens do dropshipping


1 – No caso do dropshipping internacional, as entregas demoram um tempo considerável. Claro que os clientes estarão cientes do prazo no momento da compra, mas isso pode ser um motivo e desistência. Além disso, por exemplo, se a sua loja oferece a entrega em 20 dias e o produto chegar em 22 dias, o cliente culpará a sua loja pelo atraso e não o fornecedor.


2 - É mais difícil se destacar no mercado, já que tem muitas lojas de dropshipping oferecendo os mesmos produtos com preços parecidos. Você precisará se dedicar a mineração de produtos para ter produtos vencedores.


Leia: Como minerar produtos de dropshipping para Shopify: melhores ferramentas


3 – Não é tão simples encontrar bons fornecedores, você terá que investir um bom tempo em pesquisa e relacionamento. No caso do dropshipping nacional, é ainda mais difícil, pois não são tantos fornecedores brasileiros que estão acostumados com o modelo de dropshipping. Um bom caminho, por exemplo, é buscar fornecedores de dropshipping no AliExpress.


4 – A logística reversa, com trocas e devoluções, pode ser complicada. Como o envio é feito direto pelo fornecedor, fica mais difícil controlar a forma como está sendo enviado, por isso é importante encontrar bons parceiros.


5 – O dólar interfere bastante no valor que você pagará e, consequentemente, cobrará pelos produtos. Isso também no dropshipping nacional, pois os fornecedores brasileiros, normalmente, fazem o estoque comprando de outros países.


6 - A sua margem de lucro por venda será menor que em um e-commerce tradicional, onde você consegue negociar um preço mais baixo por um produto quando a sua demanda é alta. No dropshipping, como você paga pelo produto somente quando ele é vendido, esse poder de negociação fica completamente reduzido.


7 - A regulamentação do seu negócio precisará de mais atenção. Fazer dropshipping no Brasil não é considerado comércio ilegal, mas a lei ainda é confusa em relação a isso, pois você será como um intermediador de vendas. Com isso, é aconselhável contratar um contador para de auxiliar e você não ficar na ilegalidade.



Conclusão: Dropshipping vale a pena?


Todo negócio tem suas vantagens e desvantagens. Com dedicação, você pode criar uma loja online de dropshipping e ter muito sucesso. Basta encontrar bons fornecedores parceiros, construir uma base sólida de produtos vencedores e sempre estar atento às novidades e mudanças do mercado.


Do ponto de vista financeiro, o investimento inicial é muito pequeno. Essa estratégia logística é mais barata, pois você só compra produtos do seu fornecedor à medida em que eles forem vendidos em sua loja virtual. Se não vende, você não gasta dinheiro com estoque.


Você já tem uma loja de dropshipping? Deixe nos comentários como está sendo a sua experiência e quais são as maiores dificuldades.


Já conhece o meu canal no Youtube, o Negócios em Mente? Lá eu dou muitas dicas de marketing digital, e-commerce e dropshipping.


Dica extra para aumentar as vendas de sua loja Shopify!


👉 Aplicativo de recuperação de boletos


👉 Aplicativo para mostrar o preço parcelado de seus produtos


Se ficou com alguma dúvida, fale comigo no e-mail contato@appsecommerce.com.br ou deixe um comentário aqui no post que terei prazer em te ajudar :)


Até breve,

Rodrigo



#DropshippingShopify #AliExpress


20 visualizações

© 2023 por Trading. Orgulhosamente criado com Wix.com