• Rodrigo Bernardes

Como criar um ecommerce na Shopify do zero?

Uma das plataformas de negócios online mais famosas do mundo, a Shopify possui milhões de lojas virtuais em vários cantos do mundo. Se você se interessa por essa marca, veja aqui como criar um ecommerce na Shopify e conheça quais as formas de realizar vendas usando a plataforma.


Ecommerce na Shopify: passo a passo para criar a sua loja

Começar um ecommerce na Shopify é algo mais simples do que você imagina, no entanto existem alguns detalhes em cada etapa do processo que precisa ser explorada, além de funcionalidades da plataforma que você precisa conhecer.


Defina os produtos que irá vender

O primeiro passo para começar um ecommerce na Shopify é saber o que vender na Shopify. Ou seja, definir quais produtos farão parte do seu portfólio.


Esse ponto é muito importante. Muitos empreendedores apostam em muita variedade logo de cara e acabam se enrolando com o estoque. O ideal no começo é procurar um nicho que você tenha conhecimento e ir explorando aos poucos.



Escolha o nome e adquira um domínio para sua loja

Após escolher o que vai vender é hora de definir qual será a cara da sua loja, este ponto é essencial pois o nome e a identidade visual serão fundamentais para fixar sua marca na cabeça dos clientes.


Também é necessário comprar um domínio personalizado para que sua loja tenha uma URL amigável, simples e que possa ser otimizada nos mecanismos de buscas posteriormente.


Ver também: Como escolher o nome da minha loja? Use o gerador de nome de loja Shopify


Crie sua loja na Shopify

Após definir o que vender, qual o nome da sua loja e integrar o domínio personalizado, o próximo passo será o de criar seu e-commerce dentro da Shopify. Para isso siga os passos:


1. Acesse a Shopify e escolha um dos planos de acordo com a realidade da sua marca;

2. Preencha todos os dados solicitados, inclusive o cartão onde será cobrado a mensalidade;

3. Escolha entre os temas disponíveis ou opte por comprar algum tema que combine com sua marca;

4. Adicione os produtos com foto e descrição completa.


Você tem 14 dias grátis para testar a plataforma, mas só poderá realizar vendas quando o plano estiver ativo.


Configure os gateways de pagamento e frete

Após terminar a parte visual da sua loja virtual passamos para o aspecto operacional a ser configurado. Os mais importantes agora são os gateways de pagamento e o frete, que são essenciais para concluir as vendas.


Dentro da área administrativa do seu ecommerce existe uma aba de métodos de pagamento, com todas as opções oferecidas pela plataforma e com um passo a passo para instalação.


Escolha um método conhecido como PayPal, PagSeguro ou MercadoPago, crie uma conta neles e depois realize a integração.


No caso do frete o procedimento é bem parecido, mas você deve baixar os apps que calculam o frete para que as opções apareçam mais detalhadas na hora que o cliente for concluir uma compra.



Conheça os aplicativos da Shopify

Por fim, se você optou por ter seu e-commerce na Shopify, precisa conhecer os aplicativos que a plataforma disponibiliza que vão auxiliar o dia-a-dia da sua loja em vários aspectos, desde o atendimento ao cliente até o carregamento mais ágil das páginas.


São milhares de aplicativos que vão te ajudar tanto na venda direta, como os apps de checkout transparente e recuperação de boletos, por exemplo, até opções que auxiliam no melhor ranqueamento do seu site nos mecanismos de busca.


Leia também: 7 melhores aplicativos Shopify que vão ajudar a aumentar as taxas de conversão da sua loja


É possível ter um ecommerce na Shopify com pouco investimento?

Talvez você tenha interesse em começar a vender e ter um e-commerce na Shopify, mas não tenha condições de começar um negócio que precise de um investimento em estoque, despesas com armazenamento, funcionários e etc. Neste caso vale a pena conhecer o dropshipping.


Essa modalidade de vendas tem como premissa a venda de produtos sob demanda e sem estoque.


Basicamente você procura os produtos com os fornecedores, anuncia em seu site com uma margem de lucro em cima. Entretanto, você só compra o produto junto ao fornecedor, quando um cliente adquire o item na sua loja.


Na prática você estará intermediando vendas e ganhando uma margem de lucro por fazer essa ponte entre produtores e consumidores.


O investimento inicial é baixo uma vez que você só precisará gastar com a gestão do seu ecommerce na Shopify e com marketing para atração de clientes.


Para saber mais como criar uma loja de dropshipping e dar os primeiros passos, assista nosso vídeo abaixo:



Caso tenha ficado alguma dúvida, vale a pena ver todos os artigos da Apps Ecommerce que conta com vários conteúdos completos sobre dropshipping.


E aí, já sabe como abrir seu ecommerce na Shopify? Sabemos que iniciar um negócio online não é tão fácil quanto algumas pessoas pensam e se você já está a algum tempo pesquisando sobre o tema, sabe do que estamos falando.


Entretanto, existem algumas ferramentas e aplicativo s que podem tornar mais fácil o seu trabalho, entre elas:


  • Boleto Recovery, te ajuda a recuperar boletos que não foram pagos pelos clientes, otimizando seu tempo e ampliando a taxa de vendas

  • Parcelamento - Installments, ajuda a gerar confiança no cliente, que sabe qual o valor das parcelas e o total do pedido, tornando o produto mais acessível (uma vez que pode ser parcelado) e aumentando o ticket médio dos clientes.

  • Shoplinks, é uma plataforma que te ajuda a encontrar influenciadores digitais e afiliados que podem se tornar seus aliados na busca por alcance e vendas.

Ficou interessado? Conheça mais sobre as nossas soluções. Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários. Boas vendas!



9 visualizações0 comentário