• Rodrigo Bernardes

Como emitir nota fiscal para Dropshipping: Passo a passo

Se você tem um e-commerce e trabalha com o modelo de Dropshipping talvez tenha algumas dúvidas quanto a que tipos de obrigações você tem enquanto intermediador de vendas. Como emitir nota fiscal para Dropshipping costuma ser uma das perguntas mais comuns.


Antes de mais nada é muito importante que você esteja por dentro do seu negócio. Não é porque o Dropshipping te dá algumas comodidades, como não precisar manter um estoque, que você não tenha outras responsabilidades.


Além disso, o que você vai encontrar neste artigo são informações sobre notas fiscais para dropshipping, mas é fundamental que você procure o apoio de um contador, que vai garantir que sua empresa cumpra todas as obrigações fiscais e fique dentro da Lei. Ele também vai te indicar como proceder com as notas fiscais da sua loja. Mas, vamos lá!


Ao trabalhar com dropshipping você terá a sua loja e todas as vendas são sua responsabilidade sim, por isso, a parte burocrática também faz parte.


Leia também: Shopify e Dropshipping: como ganhar dinheiro com essa dupla?


Dropshipping: precisa emitir nota fiscal?

Como já dissemos antes, ser um empreendedor no modelo Dropshipping vai muito além de colocar produtos de terceiros na sua “vitrine” e aguardar as vendas. Sua empresa precisa sim arcar com o pagamento de impostos, taxas e toda a parte burocrática de uma empresa.


O Dropshipping é um modelo de logística do e-commerce, mas continua sendo um negócio, e como tal precisa arcar com obrigações fiscais, trabalhistas e tributárias.


E por isso, a resposta é: sim, você tem que emitir nota fiscal!


A grande diferença é que o Dropshipping é, geralmente, enquadrado como um negócio de prestação de serviço, onde você irá fazer uma ponte entre um cliente e um fornecedor e, por isso, precisa emitir essa nota fiscal de prestação de serviços.

Você só vai conseguir pagar os impostos e ficar com sua loja regularizada gerando as notas fiscais.


Se você não sabe ainda quais impostos deve pagar ao ter uma loja no formato dropshipping, confira no artigo, “[Guia] Impostos para dropshipping: quais são e como organizar”. Criamos um guia bem completo que vai te ajudar a entender melhor quais são as suas obrigações como empreendedor.


Passo a passo: como emitir nota fiscal para Dropshipping

Bom, talvez você deva estar se perguntando: “Mas se eu estou apenas intermediando as vendas, as minhas notas fiscais têm que vir apenas com o valor da minha comissão?” A resposta é não! E essa é a primeira coisa que você precisa entender antes de saber como emitir nota fiscal para Dropshipping.


Não faz sentido emitir uma nota com um valor que não seja o valor pago pelo cliente no final das contas, se o cliente gastou R$400 na compra é esse valor que precisa constar, no entanto é possível fazer deduções dentro da nota fiscal.


Isso é de suma importância porque se você não fizer a dedução você vai pagar imposto em cima do valor total da venda! Por isso, você vai lançar os valores referentes ao produto e frete como custos para que apenas a sua comissão seja tributada.


Para fazer essas deduções nas notas e garantir um recolhimento de impostos em cima do valor correto, o ideal é utilizar uma ferramenta de emissão de notas fiscais.


No vídeo abaixo você terá acesso a uma explicação detalhada sobre essa etapa de deduções e como emitir nota fiscal de dropshipping. Vale a pena assistir!



Além disso, vale a pena conferir o passo a passo de como emitir nota fiscal para dropshipping, que separamos, a seguir. Confira!


Passo 1: Tenha um CNPJ

Parece meio óbvio né? Mas muitas pessoas têm essa dúvida se é possível emitir nota fiscal pelo CPF, no entanto só é possível fazer através do registro de pessoa jurídica, logo se sua loja ainda não possui esse registro já corre para regularizar isso.


No vídeo abaixo falamos mais sobre o assunto, vale a pena conferir.



Passo 2: Instale um emissor de Notas Fiscais

O segundo passo para quem quer aprender a como emitir nota fiscal para Dropshipping é escolher e instalar um programa de emissão de notas fiscais. Entre as opções para dropshipping na Shopify estão:



Passo 3: Cadastre seus dados

Após escolher o programa de emissão de notas fiscais você terá que preencher todos os dados da sua empresa como: CNPJ, cidade onde a loja foi criada, razão social, inscrição estadual (se tiver) e etc.


Todas essas informações irão constar em todas as suas notas, por isso, preencha tudo da maneira correta e caso haja alguma alteração como a empresa mudar de cidade você precisa fazer alteração para as próximas notas saírem corretas.


Passo 4: Escolha a opção de prestador de serviços

Após todo o cadastro, você irá escolher esse tipo de nota para suas vendas e vai preencher todos os dados que forem solicitados:

  • nome do cliente,

  • valor da venda,

  • deduções,

  • serviços prestados e tudo referente a venda, tudo isso precisa ser feito com cuidado.


Após preencher tudo a nota será gerada automaticamente, confira tudo antes de enviar ao seu cliente e, uma dica interessante para o Dropshipping é aguardar um pouco antes de gerar a nota.


Uma vez que a entrega não depende de você podem ocorrer atrasos e o cliente pode decidir cancelar a compra, por isso, aguarde de 7 a 10 dias para gerar a nota quando o cliente estiver próximo de receber o produto.


Lembre-se: procurar um contador vai trazer mais segurança para sua empresa e garantir que você está fazendo tudo certo! ;)


E aí já escolheu o que vender na Shopify? De fato a Shopify é uma das melhores plataformas para vendas para dropshipping, oferecendo muitas opções de apps para dropshipping na Shopify que vão contribuir para tornar mais fácil e simples o seu trabalho, incluindo emissão de nota fiscal e aumento na taxa de conversão.


Para tornar sua loja dropshipping mais eficiente, você pode contar com outros aplicativos da Shopify, entre eles:


Conheça mais sobre cada um deles clicando nos banners abaixo.




40 visualizações0 comentário