• Rodrigo Bernardes

Shopify vs Woocommerce para dropshipping: qual a melhor?

Se você está pensando em abrir uma loja virtual com certeza a escolha da plataforma mais adequada é uma preocupação. Por isso, nesse artigo colocaremos frente a frente duas delas e vamos tentar responder qual é melhor: Shopify vs Woocommerce para dropshipping.


As duas plataformas são as mais populares e completas quando o assunto é e-commerce e funcionam muito bem quando se trata de dropshipping.


Neste artigo, iremos destrinchar como funciona cada serviço e os prós e contras para que você decida o melhor no embate Shopify vs Woocommerce.


Antes é importante avisar que fazer esse tipo de comparação sempre vem carregado de subjetividade e tudo vai depender do que você precisa, mas tentaremos não ficar em cima do muro.


Shopify vs Woocommerce para Dropshipping: proposta de cada um

Antes de mais nada, vamos comparar como cada uma das plataformas envolvidas nesse embate encaram o serviço de e-commerce, tente ler pensando no seu negócio e tentando ver qual das duas se adapta melhor às suas necessidades.


  • Woocommerce: Essa plataforma trabalha criando hospedagem dos sites, na prática isso significa que você tem todos os arquivos em um servidor próprio o que te dá total liberdade criativa sobre o site.

  • Shopify: Já o Shopify já é hospedado o que agiliza o processo de criação da loja por já apresentar um gerenciamento de software pronto, no entanto ele possui limitações da própria plataforma em contrapartida.


Logo de cara aqui na proposta podemos observar que o Shopify sai na frente se você for iniciante , exigindo poucos conhecimentos técnicos de programação. No entanto, caso você tenha um certo conhecimento o Woocommerce é bem mais flexível, e pode ser bastante útil na personalização avançada.


Shopify vs Woocommerce para Dropshipping: funcionalidades

Vamos colocar as cartas na mesa, o que cada plataforma te oferece de funções e recursos para que você comece a escolher um lado nesse embate Shopify vs Woocommerce para dropshipping.


Um ponto em que as duas plataformas convergem é quanto os tipos de produtos que podem ser comercializados em ambas as opções de sistema para e-commerce.


Tanto Woocommerce quanto Shopify permitem que sejam vendidos produtos físicos ou virtuais.


Ambos apresentam boas opções de temas para loja virtual gratuitos e pagos, no entanto os temas premium do Woocommerce são mais baratos. Em contrapartida a Shopify apresenta um esquema de “arrastar e soltar” que facilita a criação do site em alguns minutos.


Outro ponto a favor da Shopify é sua vasta loja de aplicativos que podem ser integrados às lojas virtuais. Vários deles são gratuitos e outras centenas possuem preços muito atrativos e acessíveis.


Através deles você consegue ter acesso a recursos como chats, melhora em SEO, facilita a recuperação de boletos, apps que mostram as opções de parcelamento, apps de reviews e muito mais. Com apenas alguns cliques e seu e-commerce já pode contar com essas personalizações e aproveitar os resultados que elas oferecem.


Enquanto no Woocommerce você terá que baixar essas integrações e fazer a conexão manual, na Shopify você instala como um aplicativo de celular e a integração é feita de uma forma bem simples. Inclusive apps de Dropshipping, que vão facilitar a integração com fornecedores, a mineração de produtos e a migração do produto para sua loja.


Leia também: O que é Oberlo? Saiba a função dele para a sua loja de dropshipping Shopify


Shopify vs Woocommerce para Dropshipping: preço

Outro ponto que costuma ser decisivo é sem dúvida são os custos para se manter um e-commerce em uma plataforma e outra. Com certeza é algo que pode decidir o embate Shopify vs Woocommerce para Dropshipping.


Como já dissemos no começo do artigo, cada uma das plataformas encara a prestação de serviços à sua maneira, por isso, precificar o custo exato é complicado pois depende do que a sua loja precisa de fato e quanto isso vai custar.


Woocommerce por exemplo, possui um vasto leque de possibilidades devido a sua capacidade de personalizar, mas em média terá os seguintes custos que não tem como fugir:

  • Serviço de Hospedagem.

  • Valor pago pelo domínio.

  • Valor pago para cada gateway de pagamento.


Existem custos variáveis que vão depender do que você precisará incluir na sua loja, que podem aumentar o custo de manutenção dela:


  • Uso de temas premium, custam a partir de R$59 a R$89 reais anuais.

  • Custo por plugins premium que custam a partir de 60 dólares.

  • Custo com um programador ou designer para alguns ajustes na loja, caso você não tenha esse conhecimento.


Já na Shopify existe cobrança de mensalidade, no entanto a plataforma te oferece todo o suporte pronto e assim que você criar seu site já pode vender e ter acesso à loja de aplicativos e integrações com boas opções gratuitas, os custos em média serão:


  • Mensalidades de US$29 dólares mensais para planos mais básicos até US$299 para grandes empresas e sem cobrança de hospedagem.

  • Caso você queira um domínio que não tenha o final myshopifi.com você terá o custo de um domínio comum. O mesmo custo deve ser considerado para uma loja WooCommerce. Para isso acesse o artigo, Como adicionar domínio na Shopify? Guia prático para um endereço personalizado e profissional”.

  • Temas premium, apresentam opções com apenas um pagamento, também na mesma faixa, a partir de US$39 no ThemeForest ou por outros valores na laja de temas da Shopify.

  • Geralmente não é necessário um designer ou programador, pois a plataforma é bastante simples de customização.


E aí conseguiu escolher o vencedor no embate Shopify vs Woocommerce? Nós da Apps E-commerce acreditamos muito no potencial da Shopify e toda sua história e números comprovam sua qualidade.


Sabemos que gerenciar uma loja virtual não é uma tarefa simples, mas a Apps Ecommerce possui algumas opções de aplicativos integrados à Shopify que podem te ajudar, principalmente no que diz respeito às taxas de conversão! Entre eles:


O primeiro te ajuda a recuperar boletos, com ele você pode criar e automatizar o envio de mensagens para seus clientes, seja por e-mail ou SMS.


Já o app de Parcelamento Installments apresenta o valor completo e o valor de cada parcela de um produto, em compras que optem por esse meio de pagamento. Esse recurso torna seus produtos mais acessíveis, aumentando o ticket médio das vendas (já que o cliente pode parcelar) e ainda estimula as vendas no cartão de crédito.


Conheça mais sobre cada um deles clicando nos banners abaixo.




23 visualizações0 comentário