• Rodrigo Bernardes

Guia para montar minha loja de dropshipping de roupa

Atualizado: 24 de dez. de 2021

Um dos modelos de negócios online mais utilizados atualmente é o dropshipping. Por meio dele é possível realizar vendas sem precisar manter um estoque. Neste artigo, vamos apresentar algumas dicas de como criar um dropshipping para roupas.


Como funciona o dropshipping?

Além de não precisar investir na compra de estoque do produto que será vendido, ao optar pelo dropshipping não é necessário manter um local para estocar o produto que será vendido, nem gastar com funcionários para a produção.


Tudo isso faz com que o modelo de negócio seja mais barato e permita a entrada de mais vendedores no mercado virtual.


No dropshipping o dono da loja é um tipo de intermediador entre o fabricante e o consumidor do produto.


Para saber mais sobre o modelo de negócios dropshipping e suas características assista o vídeo abaixo.



Agora que já sabemos como o modelo de vendas dropshipping funciona, vamos às dicas sobre o mercado de dropshipping de roupas.


Entenda quais cuidados devem ser tomados e qual a melhor maneira de abrir uma loja de roupa no modelo de dropshipping.


Como montar uma loja de dropshipping para roupas?

Hoje existem basicamente dois modelos de negócios virtuais de roupas: o e-commerce tradicional em que o dono da loja possui os produtos vendidos em seu próprio estoque, ou o dropshipping, em que os produtos são comprados do fornecedor sob-demanda.


Mesmo que vender sem estoque pareça um sonhos, alguns cuidados devem ser levados em conta na hora de abrir uma loja virtual de dropshipping de roupas, como:


  • conhecer seu público alvo,

  • preocupação com a qualidade do produto,

  • anunciar seu produto de forma correta,

  • escolher a plataforma de ecommerce ideal.


Entenda cada um desses pontos, a seguir.


Conhecer seu público alvo

Ao abrir um negócio, seja ele no formato dropshipping de roupas ou no formato de e-commerce tradicional, é fundamental conhecer o público que você quer atingir.


Sua loja precisa ter uma cara, conversar e representar essa parcela da população que vai consumir seus produtos.


É fundamental você atingir o seu público alvo. Mas tome cuidado para não restringir em uma pequena parcela da população, pois se o produto for de um nicho muito específico da população você restringe o número de possíveis compradores.


Preocupação com a qualidade do produto

Nada mais desagradavel do que comprar uma roupa e receber um produto de baixa qualidade, diferente do que você estava esperando, não é mesmo?


Seja pelo tamanho ou pela qualidade do produto, essa experiência negativa pode ser determinante para o seu cliente realizar outras compras. Tudo isso é fundamental para fidelizar o comprador. Daí vem a importância de escolher um fornecedor de dropshipping que alie bons preços e produtos de qualidade.


Para mais dicas e detalhes de como iniciar uma loja de Dropshipping de roupas, recomendamos que assista o vídeo abaixo:




Anuncie seu produto de forma correta

Ao escolher o modelo de dropshipping para roupas você não vai investir na compra dos produtos nem na montagem de uma estrutura de estoque, entretanto, precisará aplicar seu capital em divulgação.


Seja com anúncios patrocinados no Google, redes sociais ou até mesmo com a parceria junto a influenciadores digitais, você precisa mostrar seu produto e sua loja.


Use as estratégias de marketing digital para transformar sua loja em uma marca de sucesso.


Leia também: Como usar influenciadores digitais no e-commerce? 5 dicas 💲



Escolher a plataforma correta é certeza de sucesso

Existem algumas plataformas específicas para e-commerce que vão te auxiliar na hora da venda de seus produtos, podendo automatizar a integração da sua loja com fornecedores de dropshipping de roupa.


São essas plataformas que são responsáveis pela criação de sua loja. Através delas você irá gerenciar seu e-commerce.


Além de criar a loja, esses sistemas permitem que você cadastre os produtos, adicione preços, realize promoções, processe pagamentos e mais.


Escolher a plataforma ideal vai fazer toda a diferença em sua gestão e nos resultados alcançados. Entre as principais plataformas estão:


  1. Shopify

  2. Nuvemshop

  3. WooCommerce

  4. Magento

  5. Jet Ecommerce

  6. Tray Corp

  7. VTEX

  8. Zyro

  9. OpenCart

  10. Loja Integrada


A Shopify em particular oferece muitas opções de aplicativos, como Oberlo e Dsers, que vão te ajudar a encontrar produtos para o seu dropshipping de roupas e facilitar o cadastro deles em sua loja, bem como apoiar o processamento de pedido junto ao fornecedor, principalmente, no modelo internacional.


Leia também: Processador de pedidos dropshipping Shopify com o AliExpress


Dropshipping de roupas: fornecedor nacional e internacional

Quais serão os melhores fornecedores para um dropshipping de roupas? Essa é uma dúvida frequente quando estamos falando desse tipo de negócio. E qual a diferença entre escolher fornecedores nacionais ou internacionais?


Existem algumas diferenças que devem ser levadas em conta na hora de escolher qual o fornecedor que vai se enquadrar melhor no seu negócio.


Geralmente, fornecedores internacionais precisam de um prazo de entrega maior, em contrapartida oferecem um preço mais baixo.


A verdade é que não existe certo ou errado, mas sim o que vai encaixar melhor no que você procura para seu negócio. Confira o vídeo abaixo e escolha o melhor para o seu negócio.



Para te ajudar, separamos 5 fornecedores nacionais e 5 fornecedores internacionais que estão entre os melhores do mercado.


Fornecedores internacionais

  1. AliExpress

  2. Sunrise

  3. Collective Fab

  4. CC Wholesale Clothing

  5. Clothing Showroom


Fornecedores nacionais

  1. MixBarato

  2. Kaisan

  3. Atacado Barato

  4. Importados de Grife

  5. Atacado das Sacoleiras


Agora que você já conhece mais sobre dropshipping de roupas, que tal aprofundar seu conhecimento com o vídeo abaixo?



Vale a pena oferecer meus produtos de dropshipping no Marketplace?

Será que vale a pena anunciar meu dropshipping de roupas em marketplaces como o Mercado Livre? A resposta para essa pergunta é sim. Mas o ideal é utilizar esse tipo de plataforma como porta de entrada para novos clientes e não ficar dependente dela


Utilizar marketplaces pode ser estratégico como uma forma de exposição dos produtos sem a necessidade de gastar dinheiro com impulsionamentos em redes sociais ou propagandas pagas.


Mas o ideal mesmo é levar os usuários para o seu site e tornar esse cliente um consumidor fiel.


Sobre o assunto, acesse: Como vender no Mercado Livre por dropshipping com fornecedor? Veja como começar


Além de escolher seu método de vendas, iniciar uma loja de roupas exige a aplicação de estratégias de atração e conversão de clientes. No que diz respeito a ações para ampliar as taxas de vendas, indicamos que conheça três aplicativos da Shopify:


  • Boleto Recovery, te ajuda a recuperar boletos que não foram pagos pelos clientes, otimizando seu tempo e ampliando a taxa de vendas

  • Parcelamento - Installments, ajuda a gerar confiança no cliente, que sabe qual o valor das parcelas e o total do pedido, tornando o produto mais acessível (uma vez que pode ser parcelado) e aumentando o ticket médio dos clientes.

  • Shoplinks, é uma plataforma que te ajuda a encontrar influenciadores digitais e afiliados que podem se tornar seus aliados na busca por alcance e vendas.

Ficou interessado? Conheça mais sobre as nossas soluções. Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários. Boas vendas!



7 visualizações0 comentário