• Rodrigo Bernardes

Dropshipping de roupas femininas: Como montar sua loja do zero?

Atualizado: 14 de jun.

O mercado virtual vem evoluindo e trazendo cada vez mais opções para quem quer empreender. O ramo de vendas de roupas femininas via dropshipping é um caminho com muito potencial, por isso, neste post vamos mostrar como você pode montar a sua loja.


Como montar uma loja de roupas femininas via dropshipping?

Uma das modalidades de negócios que mais cresce atualmente, o dropshipping é um modelo de negócios na qual você vende produtos sem estoque.


Para isso, o primeiro passo é encontrar o produto que você deseja vender. Esses produtos estão com fornecedores que produzem o item e oferecem a opção de compra para revenda


No caso do modelo de revenda por dropshipping, o dono do e-commerce divulga o item e a cada venda concluída, ele faz a compra junto ao fornecedor. A compra é sob-demanda, ou seja, ele só compra o produto junto ao fornecedor após ter realizado a venda do mesmo a um cliente.


Além de armazenar o item, também é o fornecedor quem separa e envia o produto no endereço do seu cliente.


Por conta destas características o dropshipping de roupas femininas se torna ainda mais atrativo, afinal, além da alta demanda desse mercado e de haver uma grande variedade de produtos com os quais você consegue trabalhar, com o dropshipping você precisa de menor capital para começar.


Entendido como funciona o dropshipping, seguimos para um passo a passo simples de como iniciar um dropshipping de roupas femininas:


  1. Defina o nicho da sua loja

  2. Escolha uma boa plataforma de e-commerce

  3. Ofereça boas opções de pagamento

  4. Procure fornecedores de confiança


Defina o nicho da sua loja

Antes de mais nada é preciso que você defina com quais tipos de roupas femininas você irá oferecer no seu site. Este ramo do mercado é bastante variado e muito exigente, sendo que cada nicho tem suas particularidades.


O ramo de vestidos de noiva vai te pedir uma coisa, o de roupas fitness outra e por aí vai.


É necessário que você pesquise quem serão seus concorrentes, qual a margem de lucro possível, quais os preços praticados. Tudo isso vai te ajudar a entender melhor o potencial de cada nicho.


Uma loja que vende vários tipos de roupas femininas via dropshipping pode não ser a melhor ideia para quem está começando, no entanto, vale a pena apostar em um nicho e ir testando produtos de outros para entender melhor o que seu público prefere.


Ver também: TOP 6 nichos de mercado para dropshipping para começar!


Escolha uma boa plataforma de e-commerce

Depois de escolher quais os tipos de produtos você irá trabalhar é hora de escolher a plataforma que irá hospedar o seu e-commerce. Quando se trata de dropshipping existem 3 opções que se destacam.


Shopify

Uma das principais plataformas do mercado, a Shopify tem como grande vantagem a possibilidade de você criar seu site de uma forma simples e prática, sendo ideal mesmo para quem não tem nenhum conhecimento de programação e web designer.


Isso porque ele tem vários temas gratuitos e pagos que você pode selecionar e editar com liberdade e de maneira intuitiva. Além disso, a plataforma ainda oferece uma vasta loja de aplicativos.


Esses apps desempenham diversas funções dentro do seu e-commerce e dois deles são específicos para dropshipping: Oberlo e Dsers. Com eles integrados ao seu site você consegue adicionar produtos de fornecedores a sua vitrine com apenas um clique, incluindo fornecedores do Aliexpress.


Leia mais em:



Nuvemshop

A plataforma brasileira também vem crescendo e hoje conta com mais de 90 mil lojas cadastradas.


A Nuvemshop também possui sua loja de aplicativos que, apesar de mais modesta que a do Shopify, também tem sua opção de app para dropshipping.


Você terá de instalar o aplicativo Droppi e integrá-lo a sua loja. Com isso será capaz de adicionar produtos diretamente do Aliexpress para sua loja. A plataforma é totalmente em português.


Veja mais: Dropshipping Nuvemshop: tudo o que você precisa saber


Woocommerce

Uma opção mais barata é criar seu e-commerce pelo Wordpress, isso porque a plataforma não cobra um plano mensal, apenas o domínio e a hospedagem.


O Wordpress é um criador de sites, mas não é direcionado para e-commerce como as duas opções anteriores, por isso, você precisará instalar o plugin Woocommerce para conseguir fazer dropshipping de roupas femininas.


Veja também: Shopify vs Woocommerce para dropshipping: qual a melhor?


Ofereça boas opções de pagamento

Depois de selecionar qual plataforma vai hospedar sua loja virtual, criar seu site, adquirir o domínio próprio com o nome da sua marca, é a hora de escolher as formas de pagamento que você irá oferecer aos seus clientes.


Cada uma delas terá um custo, mas o ideal é que você tenha uma boa variedade oferecendo opção como:

  • parcelamento,

  • boleto bancário,

  • pix e quantas mais forem possíveis.


Vale a pena apostar em apps de checkout transparente para dar mais segurança aos seus clientes.


Na Shopify você encontra o app de parcelamento que vai te ajudar a aumentar suas taxas de conversão.



Procure fornecedores de confiança

Uma das partes mais importantes para quem trabalha com dropshipping de roupas femininas ou de qualquer outro tipo de produto são os fornecedores. São eles quem irão separar e enviar o produto aos seus clientes, por isso, precisam ser de qualidade.


Para saber quais fornecedores usar, sempre procure saber sobre a reputação deles no Reclame Aqui e com outros empreendedores de dropshipping, compre os produtos antes de anunciá-los para atestar a qualidade e serviço de frete.


Não se prenda apenas ao preço, mas busque encontrar fornecedores que te proporcionem margens de lucro razoável. Também verifique a fundo sobre a política de trocas de devoluções da empresa para evitar dores de cabeça futuras.


Saiba mais: Como encontrar fornecedores dropshipping CONFIÁVEIS? [Guia]


Agora que você já sabe como criar uma loja de roupas femininas no dropshipping, coloque as mãos na massa.


Sabemos que gerenciar uma loja virtual não é uma tarefa simples, mas a Apps Ecommerce possui algumas opções de aplicativos integrados à Shopify que podem te ajudar, principalmente no que diz respeito às taxas de conversão! Entre eles:


O primeiro te ajuda a recuperar boletos, com ele você pode criar e automatizar o envio de mensagens para seus clientes, seja por e-mail ou SMS.


Já o app de Parcelamento Installments apresenta o valor completo e o valor de cada parcela de um produto, em compras que optem por esse meio de pagamento. Esse recurso torna seus produtos mais acessíveis, aumentando o ticket médio das vendas (já que o cliente pode parcelar) e ainda estimula as vendas no cartão de crédito.


Conheça mais sobre cada um deles clicando nos banners abaixo.



88 visualizações0 comentário