• Rodrigo Bernardes

Guia definitivo: como vender no dropshipping?

Atualizado: Out 4

Uma das modalidades de negócios que mais ganha adeptos pelo mundo, o dropshipping vem crescendo a cada dia, por isso, neste artigo, vamos trazer alguns passos sobre como vender no dropshipping para você que quer começar nesse mercado.


O que é e como vender no dropshipping?

O dropshipping é uma forma de intermediação de negócios que tem suas origens nos anos 50 com venda de itens por meio de catálogos de produtos e começou a ganhar outra forma com o surgimento do AliExpress, que concentrou milhares de vendedores e produtos a preços acessíveis.


Leia também: Como fazer dropshipping com o AliExpress em sua loja Shopify? Saiba tudo!


Basicamente o dropshipping funciona assim:

  • você cria um e-commerce;

  • escolhe os produtos que vai vender diretamente com fornecedores (nacionais ou internacionais);

  • anuncia o item no seu site com uma margem de lucro;

  • a venda é feita pelo seu site, mas processada no site do fornecedor;

  • o fornecedor tem o trabalho de separar e enviar o produto para o cliente.


Antes de irmos para como vender no dropshipping na prática, vale a pena você conhecer os dois tipos de fornecedores que você pode trabalhar.


Dropshipping internacional

Os fornecedores de produtos importados no geral são os que possuem mais opções de mercadorias, ainda mais sites mais consagrados como o AliExpress. Você tem muitas possibilidades de produtos para garimpar com preços bem em conta.

Além dos fornecedores chineses existem outras opções de fornecedores nos EUA, Canadá e na Europa que valem a pena conhecer. Confira nosso guia sobre Como encontrar fornecedores dropshipping CONFIÁVEIS? [Guia]”.


O ponto forte aqui é, principalmente, a grande variedade e os preços baixos que permitem uma margem de lucro maior. Por outro lado, a flutuação do câmbio frente ao real pode te prejudicar e a entrega é bem mais demorada.


Dropshipping nacional

Um ramo que vem crescendo é o de fornecedores de dropshipping nacionais, as principais vantagens nesse caso ficam por conta da proximidade que você tem para conseguir acompanhar:

  • a entrega dos produtos,

  • prazos menores,

  • menos burocracia.

A parte de trocas e devolução e o câmbio em Real também são vantagens de trabalhar com fornecedores nacionais. No entanto, a variedade ainda é pouca e os preços não são tão bons quanto os fornecedores internacionais.


Quer entender melhor sobre as diferenças, vantagens e desvantagens do dropshipping nacional para o internacional, veja o vídeo abaixo.



O que você precisa para começar no dropshipping?

Agora que você já entendeu como vender no dropshipping e já sabe como esse mercado opera, vamos para alguns dos pré-requisitos que você precisa cumprir antes de começar a vender na sua loja.


Um domínio e site no modelo e-commerce

Você precisa ter um domínio e escolher uma plataforma de e-commerce que funciona para dropshipping, como a Shopify. Ela vai permitir hospedar o seu site, os mais famosos são:


Integração com programas de dropshipping

Para fazer com que os produtos de um site apareçam no seu, e a venda, você precisa de um aplicativo de integração, como Oberlo e Dsers. Com ele você consegue adicionar os produtos vencidos por fornecedores internacionais, com apenas alguns cliques.


Cada plataforma tem sua maneira de realizar essa integração, na Shopify, por exemplo, tem uma loja com aplicativos para dropshipping, em outras plataformas você pode precisar da ajuda de um profissional, por isso, pesquise antes.


Leia também: Como minerar produtos de dropshipping para Shopify: melhores ferramentas


Investimento em publicidade

Sua loja vai chegar bem crua e desconhecida no mercado, por isso, nesse começo é muito importante fazer campanhas de redes sociais visando o reconhecimento de marca.


Trabalhe com anúncios no Facebook e Google Ads para que sua marca possa alcançar mais pessoas e começar a receber visitas e converter suas primeiras vendas.


Leia também: 9 dicas essenciais de Google Ads e Facebook Ads para dropshipping


CNPJ

Outro ponto muito importante para você que busca saber como vender no dropshipping é a parte burocrática. Apesar de não ter regulamentação no Brasil, para abrir um site de vendas você precisa ter um CNPJ, nem que seja um MEI.


É preciso ficar atento com o faturamento, dependendo da categoria você tem um limite de emissão de notas fiscais e também terá de fazer declaração para o imposto de renda normalmente.


Entenda mais sobre o assunto no vídeo, a seguir.



Como aprender sobre dropshipping?

Se você entendeu como vender no dropshipping, mas quer saber mais antes de embarcar nesse negócio vale a pena apostar em alguns cursos, canais no YouTube e blogs com materiais interessantes para se qualificar, veja abaixo algumas boas opções:



Caso queira conhecer um pouco mais sobre os cursos acima citados, conheça nosso artigo destrinchando os 4 melhores cursos brasileiros de dropshipping.


E aí conseguiu aprender como vender no dropshipping?


Sabemos que gerenciar uma loja virtual não é uma tarefa simples, mas a Apps Ecommerce possui algumas opções de aplicativos integrados à Shopify que podem te ajudar, principalmente no que diz respeito às taxas de conversão! Entre eles:


  • Boleto Recovery, te ajuda a recuperar boletos que não foram pagos pelos clientes, otimizando seu tempo e ampliando a taxa de vendas

  • Parcelamento - Installments, ajuda a gerar confiança no cliente, que sabe qual o valor das parcelas e o total do pedido, tornando o produto mais acessível (uma vez que pode ser parcelado) e aumentando o ticket médio dos clientes.

  • Shoplinks, é uma plataforma que te ajuda a encontrar influenciadores digitais e afiliados que podem se tornar seus aliados na busca por alcance e vendas.

Conheça mais sobre cada um deles clicando nos banners abaixo.


16 visualizações0 comentário